Notícias

MBS e TCE/MA iniciam elaboração de Planejamento Estratégico para o ciclo 2019-2027

O Tribunal de Contas do Estado do Maranhão (TCE/MA) iniciou as atividades de elaboração de seu Planejamento Estratégico para o ciclo 2019-2027.

O suporte técnico para a confecção do Planejamento Estratégico do TCE maranhense está sendo fornecido pela consultoria MBS, do Rio Grande do Sul, empresa vencedora do processo licitatório realizado com essa finalidade e que possui larga experiência na formatação de planejamentos estratégicos para tribunais de contas e outras instituições públicas e privadas de todo o país.

A atualização do Planejamento Estratégico do TCE acontece em razão da conclusão das ações e estratégias concebidas para o ciclo de planejamento anterior, que se estendeu de 2012 a 2016.

O novo ciclo em elaboração tem como desafio conceber ações e estratégias que sejam capazes de dar respostas às crescentes exigências da sociedade por maior agilidade e efetividade por parte do sistema de controle externo brasileiro.

Outra perspectiva que demonstra a necessidade de atualização do Planejamento Estratégico da instituição é a equalização de todas as ações do TCE maranhense aos parâmetros estabelecidos pelo MMD/QATC, iniciativa capitaneada pela Atricon que busca elevar o nível de desempenho dos tribunais de contas nacionais.

A metodologia definida para a confecção do novo Planejamento Estratégico foi a do Balanced Scorecard (BSC), amplamente utilizada por instituições dos setores público e privado para modificar seus processos gerenciais e alcançar novos patamares de eficiência organizacionais.

A partir dessa metodologia, serão desenvolvidas diversas ações, distribuídas em várias etapas de trabalho, que terão como finalidade proporcionar o envolvimento de todos os setores administrativos do TCE e do maior número possível de servidores.

Nessa perspectiva, uma peculiaridade importante do processo de elaboração do novo Planejamento Estratégico é a realização de cursos e oficinas de nivelamento do conhecimento dos servidores do TCE diretamente envolvidos com essa atividade.

A oficina “Discussão da Matriz SWOT da área meio do TCE”, realizada na manhã de 16/10, no Laboratório II, da Escola Superior de Controle Externo (Escex), fez parte dessa iniciativa. O instrutor foi o gestor da Escex, William Jobim.

A coordenação dessas qualificações fica a cargo da Comissão de Planejamento e Ações Estratégicas do TCE, que promoverá outros treinamentos direcionados e com temáticas específicas relacionadas às rotinas de trabalho das áreas fim e meio.

O documento final com o Planejamento Estratégico do TCE para o ciclo 2019/2027 trará Mapa Estratégico com os objetivos essenciais para a instituição no cenário contemporâneo do controle externo brasileiro, referenciados pela Missão Institucional, Visão de Futuro e Valores para a Sociedade.

Ao longo do desenvolvimento das ações e estratégias previstas no Planejamento Estratégico, serão implementados mecanismos de avaliação capazes de identificar os resultados concretos que forem atingidos a cada etapa.

Esse foi um dos pontos de convergência dos participantes do trabalho quando foram analisados os resultados alcançados pelas ações realizadas em decorrência do Planejamento Estratégico anterior. A adoção dessa sistemática poderá conduzir a resultados ainda mais efetivos nas ações a serem desenvolvidas pela instituição.

A Comissão de Planejamento e Ações Estratégicas do TCE, em conjunto com a consultoria MBS, estabeleceu como meta concluir o trabalho de elaboração do novo Planejamento Estratégico do TCE até o final de fevereiro de 2020.

Fonte:

http://site.tce.ma.gov.br/index.php/noticias-internet/2761-tce-inicia-elaboracao-de-planejamento-estrategico-para-o-ciclo-2019-2027

Resultados

Construa e implemente estratégias eficientes e eficazes, para geração resultados inovadores.
Otimize seus processos com foco no cliente, para gerar maior valor para o negócio.
Evite desperdícios, minimize os tempos e viabilize novos investimentos.
Potencialize os ativos de tecnologia para atender aos objetivos do negócio.
Aproveite devidamente os talentos humanos existente na sua empresa.
Gerencie os riscos do negócio e os transforme em novas oportunidades.